INTRODUÇÃO

“a história é um pesadelo do qual estou tentando acordar” - Stephen Dedalus, personagem do livro “Ulisses” de James Joyce.

“na mais modesta hierofania transparece um eterno recomeço, um eterno retorno a um instante primordial, um desejo de abolir a história, de apagar o passado, de recriar o mundo”.
Mircea Eliade, "Xamanismo e as técnicas arcaicas do êxtase"

Tentando resumir ao máximo esse assunto suscitado pelo nome do blog, a história é simplesmente a estória do homem profano, deconectado da natureza e do cosmos, do homem que violenta à si mesmo para poder conviver com a violência. A história surge de um desequilíbrio, que deu no que vemos hoje.
Mas o que chamamos de profano é apenas uma mancha, uma sujeira que se instalou na nossa radiância.
A trans-história nada mais é que a superação desse desequilíbrio, é o retorno ao essencial, ao natural, ao cósmico; ao sagrado que naturalmente surge quando nos purificamos/nos desfazemos da ilusão do profano - que no final das contas, é só uma manchinha, uma miragem projetada, que turva a percepção da OMnipresença Incontestável.

Nesse espaço, compartilharei Informações, Visões e pesquisas que nos impulsionam à esse Equilíbrio.

***


terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

"Aquilo que você dá te pertence. O que você guarda é perdido para sempre". provérbio armênio

seguem traduções minhas de trechos do livro - "The Light of Emmanuel", "A Luz de Emmanuel", de Ananda Bosman, livro que não se encontra no Brasil.

Quem é Emmanuel?

O propósito de Emmanuel

"Tudo o que dizemos não é para ser levado tão à sério.É pra ser estudado, contemplado. Se algo não cai bem pra você, você pode cuspir fora, sempre. Nunca se limite dizendo ser essa a única verdade."

"Nós estamos dando muito, mas a verdade é infinita, nós não podemos dar o infinito. Nós podemos dar certos aspectos que não virão através de outros seres, mas sendo assim, cada um que canaliza é único, cada um que tem inspiração é único."

"Estamos apenas fornecendo uma vitamina que alguns necessitam, não todos. Embora um pouquinho aqui ou ali, não fará mal algum."

"Não somos pregadores. Não estamos tentando criar um culto. Nós não somos uma religião, e não somos superiores à vocês, mas iguais."

"Vocês não precisam acreditar em nós. Se quiserem, podem nos encarar como ficção científica, ou mesmo como parte da mente desse ser(Ananda), embora não seja bem isso."

"Isso talvez soe estranho para vocês: que vocês precisam confiar numa fonte de informação na vida. Mas, estando ou não conscientes disso, vocês estão constantemente sendo alimentados por pensamentos do inconsciente coletivo como guia, ou das esferas mais altas como guia."

"Emmanuel é aquilo que saiu do sol centralizado, ou coração do cristo cósmico / universal em direção à criação, e então se irradiou para se infiltrar nos estados de sonho, para começar trazer a luz da aurora sagrada."

Nenhum comentário:

Postar um comentário